Você sente dor quando faz sexo? Saiba por quê!

vaginismo ilustrativo

Você sente dor quando faz sexo? Saiba por quê!

Vaginismo é uma disfunção sexual pouco conhecida entre as mulheres e até mesmos os especialistas da saúde. Atinge cerca de 1% a 6% da população feminina.

O vaginismo ocorre por uma contração involuntária da musculatura vaginal, impedindo que uma penetração ocorra.

Isto porque a dor se torna muito mais intensa que as dores de uma penetração de quem não possui essa disfunção sexual, quando esta dor começa a se intensificar muitas mulheres não a suportam e suplicam para parar, mesmo que seu desejo maior seja ser penetrada.

Por conta deste pedido, ou mesmo quando elas falam sobre a dor que sentem, são taxadas de neuróticas, dramáticas ou críticas semelhantes.

Como o vaginismo não foi conscientizado entre a população, muitas mulheres ainda sofrem por conta dessa disfunção sem saber, e as que sabem, sofrem também por conta dos seus ciclos de amizades ou familiares não terem total conhecimento e acabarem criticando a mulher.

Nos dias atuais já existem tratamento para diminuir a dor, que consiste nas mulheres usarem seus próprios dedos na tentativa de controlar sua musculatura pélvica.

É recomendado que a mulher ao conhecer seu próprio corpo com as mãos, deve inserir um dedo no seu canal sem fazer movimento e assim que se sentir pronta deve fazer uma massagem, e a seguir deve ocorrer essa alternância com os demais dedos, um de cada vez.

Com consequência, você já pode notar as mudanças. Outro método é a pratica de pompoarismo, onde você pode adquirir na sua rotina um cone vaginal ou bolinhas tailandesas, esses utensílios são de metal e bem resistentes, você vai inserir o cone e quando o mesmo já estiver dentro do seu canal, você deve contrair sua musculatura e relaxar.

Você pode fazer neste meio tempo de exercícios, suas tarefas diárias em casa, tornando este tratamento rotineiro.

É e claro, vale ressaltar que esse exercício do pompoarismo com as bolas ou coles metálicos, não só trazem benefícios a cura do vaginismo como também aumenta sua sensibilidade na hora do sexo, proporcionando mais prazer.

A pratica do pompoarismo previne incontinência urinária na pós menopausa e na gestação, além de diminuir a cólica e o fluxo do clico menstrual.

Agora que você já conhece sobre o vaginismo e como diminuir a dor da doença, compartilha com seus conhecidos sobre sua nova descoberta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
Olá, podemos ajuda-lo?